segunda-feira, 8 de julho de 2013

É possível fazer um casamento bonito sem gastar muito! Especialistas dão as dicas.

 

É possível fazer um casamento bonito sem gastar muito! Especialistas dão as dicas
Você encontra o amor da sua vida, o relacionamento vai bem e chega o esperado pedido de casamento. Quando os preparativos começam, surge a surpresa: a tão sonhada festa custa muito mais do que o imaginado. Apesar do susto, é possível enxugar os custos e viver um dia tão especial e bonito quanto nas suas fantasias. É só usar a imaginação e ficar atenta às dicas do Daquidali.
Sammia Ferreira, do site Casando sem Grana, é a prova viva de que com um pouco de criatividade e muita paixão o casório pode sair como esperado, e sem gastar mais do que você pode. O seu site nasceu em 2009, como um diário virtual do preparo da sua festa. “Eu não tinha orçamento, então comecei a fazer pesquisas e tomei um susto, porque estava muito acima do que eu podia”, conta. Com o tempo, as descobertas de Sammia foram tantas que renderam uma página na web cheia de dicas e tutoriais bacanas para as noivas.
Não existe uma formula mágica para reduzir os gastos. É preciso muita pesquisa e muito empenho”, fala ela, que lembra também a importância de não desanimar com os primeiros orçamentos. Lembre-se que é indispensável ter referências dos fornecedores, buscando informações na justiça para não ter uma surpresa desagradável. Se você tem alguns meses até o casamento, Sammia aconselha a "botar as mãos na massa": “O que você puder fazer será muito bom economicamente. Peça ajuda da família, dos amigos, coloque o pessoal para trabalhar”, ensina. Na internet é possível encontrar tutoriais para os mais diversos itens, como lembrancinhas, decorações e convites de casamento.

Flores
A organizadora de casamentos Valéria Lira diz que é possível economizar nos arranjos. “Escolher as flores da época é fundamental, porque têm qualidade e preços melhores”, explica. A dica da consultora é escolher pela cor, e não pela espécie, o que dá uma margem para combinar flores com melhor custo. Sammia indica buscar floriculturas e grandes distribuidores, como o CEASA, em São Paulo, e comprar um ramalhete para fazer experiências de arranjos. “Para enxugar ainda mais, é possível montar os arranjos direto na água, em garrafas ou baldinhos”, complementa Valéria. Que tal pintar garrafas de vidro em cores diferentes e usá-las nos arranjos de mesa?
Doces
Se você achou os fornecedores de doces de casamento muito caros, que tal procurar uma doceira no seu bairro? Encomende em locais mais baratos, que fazem doces gostosos para festa sem os enfeites e com formas simples. Para complementar, a ideia é visitar o comércio popular, como a Rua 25 de Março, em São Paulo, ou a região do SAARA, no Rio de Janeiro. Nesses lugares você encontra muitas opções de forminhas decorativas com preços acessíveis e pode gastar cerca de 40% menos no valor total.

Reduza a Lista
  “Mais convidados significam mais mesas, mais  comida e mais equipe, o que por sua vez quer  dizer mais dinheiro”, pontua Valéria.  Um casamento intimista, com a família e os amigos mais próximos é mais econômico, além de ser compartilhado com quem realmente importa para você.
Fotografia
“Esse item é muito importante e você deve procurar referências com as amigas e parentes”, conta Valéria. Ela fala que hoje em dia existem fotógrafos que fazem o serviço e te dão a opção de imprimir apenas algumas, ou só enviar o arquivo eletrônico, deixando para montar o álbum quando sua vida econômica estiver mais estável. “Desmembrando os serviços fica mais em conta”, finaliza.
Vestidos
Valéria diz que sempre aconselha suas noivas a serem realistas com seu orçamento, e irem às lojas que condizem com esses valores. “Não comece pelas lojas mais caras, porque isso vai virar sua referência”, explica ela, que indica procurar em casas menores e em ruas especializadas no comércio para noivas.

Postado por: Mayra Thuany

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário